Distrito de Leiria tem centro de recuperação de dependências

História de VillaRamadas > Distrito de Leiria tem centro de recuperação de dependências
23-07-2002
Mário Pinto, Diário de Leiria

A presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Maria Barroso, vai inaugurar, no próximo dia 14 de Setembro, o centro privado Villa Ramadas, que abriu no passado dia 2 de Abril na Vestiaria, Alcobaça. A instituição está vocacionada para tratar pessoas com problemas relacionados com alcoolismo, droga, anorexia e bulimia, entre outros.

O centro, situado numa zona aprazível com vista para a cidade de Alcobaça e para o Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, tem capacidade para acolher 25 pacientes de Norte a Sul do País. O edifício habitacional com 517 metros quadrados está equipado com 12 quartos (todos com casa de banho privativa), vários gabinetes, lavandaria, cozinha, refeitório e uma sala de estar, para além do espaço exterior com 3000 metros quadrados.

Todas estas condições destinam-se a receber pacientes a partir dos 16 anos, que sofrem de problemas relacionados com droga, alcoolismo, anorexia, bulimia, processos de luto, depressões ou co-dependência. A admissão de pessoas é um processo rigoroso em que o paciente é consultado por um médico, para identificação do motivo que o levou a recorrer ao centro.

Os indivíduos são submetidos diariamente a terapias individuais e em grupo, ministradas por conselheiros, que os acompanham em toda a sua recuperação até ao momento da sua reinserção na sociedade.

“O nosso objectivo é fazer com que eles recuperem do problema que os afecta, elevar-lhes o amor-próprio, para que possam acreditar neles e regressem à sociedade como qualquer outra pessoa”, explicou o director geral e terapêutico de Villa Ramadas, Eduardo da Silva.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X