Tratamento da co-dependência

Tratamentos > Co-Dependência > Tratamento da co-dependência

No tratamento da codependência, tal como acontece no âmbito de outras adições, o mais importante é que o doente se centre em si mesmo e tome consciência da sua situação.

É fundamental que este aprenda a identificar as próprias vulnerabilidades e os seus “vazios” que tenta preencher com a “adição” às pessoas.

Compreender as raízes do problema é o primeiro passo de uma série de pequenos passos a dar para se compreenderem também pensamentos e sentimentos, tendo em vista a modificação dos comportamentos.

Por outro lado, o indivíduo terá de recuar até ao seu passado, traçando, eventualmente, uma linha cronológica, para tentar perceber tempos e padrões de comportamento.

A codependência assenta, habitualmente, em necessidades infantis não satisfeitas.

O tratamento para a codependência é efetuado por de profissionais especializados que, mais do que bons ouvintes, veiculam no paciente confiança e esperança em novos modos de vida.

Quando os dependentes de afeto começam a gostar de si, do que são efetivamente e não do que pensavam ser pelo que faziam ou pela relação que tinham com os outros, quando aprendem a exprimir os seus sentimentos e necessidades de maneira apropriada adquirem não só a perceção dos seus limites, mas uma nova perspetiva sobre si mesmos, que os leva a iniciar um processo de cura das suas próprias feridas.

Assim, o tratamento para a codependência introduz ao paciente novas possibilidades de escolha, ensina-o a “controlar o controlo” e, finalmente, responsabiliza-o pelo seu próprio bem-estar.

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X