Raiva

Tratamentos > Raiva

O nosso dia-a-dia pode ser pautado por situações em que nos sentimos, de alguma forma, ameaçados no que concerne, por exemplo, a nossa integridade. A agressividade constitui então uma reação normal a este tipo de situações. No entanto, quando - e se - esta reação assumir proporções desmedidas podemos estar perante uma perturbação de agressividade, comumente conhecida e relacionada com a raiva.

De acordo com Charles Spielberger, psicólogo especializado no estudo da raiva, esta é  definida como um estado emocional que varia em intensidade, de leve irritação a intensa fúria, que se pode manifestar através de agressividade física ou verbal.

Como qualquer outra emoção, o sentimento de raiva desencadeia uma resposta física, caracterizada por um aumento na frequência cardíaca e na pressão arterial, bem como nos níveis hormonais energéticos, adrenalina e noradrenalina.

A raiva pode ser desencadeada por eventos externos e/ou internos, tais como obter uma multa de estacionamento ou com base na memória de um trauma ou abuso, respetivamente. Ambos podem ser tratados.

As ferramentas de e para gestão da raiva podem ser aprendidas e, com técnicas de terapia, os eventos passados podem ser processados e reinterpretados.

Por favor, se você ou um ente querido está a sofrer com estes sintomas, entre em contacto connosco.

Informações Complementares:

Literatura:

Utilizamos cookies para garantir que o nosso site funcione da maneira mais tranquila possível e para analisar o tráfego da web. Se você continuar a usar o site, concorda com nossa Política de Cookies.
OK
Saiba aqui X